Ação Social

Santa Casa da Misericórdia da Amadora

CASSA

Centro de Atendimento e Serviço Social da Amadora
Desde Maio de 2006, foi criado no centro da cidade da Amadora, um espaço de apoio à Acção Social da Santa Casa da Misericórdia da Amadora, condensando vários projectos num único local, mais perto dos cidadãos e com uma maior acessibilidade a quem necessita de recorrer aos vários serviços disponibilizados.

Desta forma o CASSA (Centro de Atendimento e Serviço Social da Amadora) faz chegar ao centro da Amadora o rosto mais vísivel da Santa Casa da Misericórdia da Amadora.




Atendimento Social

O espaço destinado ao atendimento social à população do Concelho, está situado na freguesia da Mina, é um serviço que pretende informar, aconselhar e encaminhar nas situações mais diversas.
Os serviços disponíveis são: Banco de ajudas técnicas, Apoio Psicossocial, Apoio administrativo, Programa de Apoio Alimentar e Recolha e Distribuição de roupas e outros bens.
Banco de Ajudas Técnicas: aluguer ou empréstimo conforme a situação socioeconómica, de camas articuladas, cadeiras de rodas, andarilhos, canadianas, entre outras.
Apoio psicossocial: por marcação através de atendimento com um técnico da área social para aconselhamento e/ou encaminhamento.
Apoio Administrativo: inscrições para Lar, Centro de Dia, Apoio Domiciliário, Programa Alimentar e Emprego, apoio no preenchimento de requerimentos ou outros impressos.
Apoio Alimentar: apoio semestral através do Programa Alimentar a Carenciados ou encaminhamento para parceiros sociais ou programas disponíveis. Recolha e Distribuição de bens: recepção de roupas, brinquedos, livros, móveis, etc.. e distribuição pelos mais carenciados.

O espaço encontra-se aberto ao público na seguinte morada:
CASSA - Centro de Atendimento e Serviço Social da Amadora
Rua Henrique Nogueira, nº10 C
2700 Amadora
Tel: 214 923 337




Protocolo de RSI (Rendimento Social de Inserção)

A Misericórdia da Amadora celebrou um protocolo em Julho/07 com o Instituto da Segurança Social- Centro Distrital de Lisboa, com a duração de 2 anos, tem como principal objectivo desenvolver acções de acompanhamento dos beneficiários de RSI. O número de agregados familiares abrangidos pelo protocolo são 295, residentes na freguesia da Mina âmbito territorial de intervenção da Misericórdia. Os Recursos Humanos afectos ao protocolo são 6 Técnicos Superiores da área social e 8 Auxiliares de Acção Directa, a equipa conta ainda com todos os colaboradores da Misericórdia da Amadora das mais diversas áreas.