Saúde

Santa Casa da Misericórdia da Amadora

Saúde na Misericórdia da Amadora

A problemática da Saúde tem sido ao longo dos séculos uma das principais missões das Misericórdias. Cuidar dos enfermos, acompanhá-los quer para uma boa convalescença, quer para um fim digno, tem permanecido sempre um grande objectivo.
A maioria das Misericórdias deste País, a começar pela primeira, iniciaram a sua actividade criando Hospitais.O primeiro Hospital de que há memória foi mandado construir pela Rainha D. Leonor em 1485 e que em 1498 fundaria a primeira Misericórdia.
Com o avançar dos tempos outros desafios se têm colocado às Misericórdias. A Misericórdia da Amadora não difere das suas irmãs mais velhas nestes propósitos. A prova está que quando há vinte anos iniciou a sua actividade e elaborou o seu Compromisso, nele se pode ler no Art.º 4º " o âmbito da actividade social da Instituição não se confina apenas ao campo da segurança social e pode abranger, também, outros meios de fazer o bem designadamente, nos sectores da saúde, da educação, da formação, da promoção e da orientação familiar."



U C C I S F

A Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) Sagrada Família, resposta social da Misericórdia da Amadora, iniciou a sua atividade a 9 de abril de 2012, integrada na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), com a tipologia de Longa Duração e Manutenção. A mesma, está localizada na freguesia das Águas Livres, no Concelho da Amadora, possui uma capacidade para 30 camas e é composta por uma equipa multidisciplinar de 42 colaboradores.

C L I M A

A Clínica Médica da Misericórdia da Amadora - CLIMA, instalada em Alfragide em espaço gentilmente cedido pela Câmara Municipal da Amadora, tem vindo a desempenhar, no curto período da sua existência, as funções que nortearam a sua criação: oferecer à numerosa e crescente população de Alfragide um centro de atendimento médico qualificado e de acesso fácil, em múltiplas valências clínicas, promovendo a solidariedade, a qualidade de vida e a dignidade humana, tendo como pano de fundo uma perspectiva social que está subjacente à presença das Santas Casas de Misericórdia, nas comunidades locais.
Um numeroso grupo de profissionais, envolvendo médicos de diversas especialidades, enfermagem e técnicos paramédicos qualificados e experientes, têm-se desdobrado em iniciativas para alertar os residentes e aqueles que em Alfragide, passam longas horas da sua vida profissional, para aspectos essenciais relacionados com a prevenção das doenças cardiovasculares, diabetes, doenças cancerosas e osteoporose, através de rastreios gratuitos que representaram mais de 3.000 actos médicos no primeiro ano da nossa actividade.