Notícias

Março-Abril 2020

DESTAQUES



Provedor da Misericórdia da Amadora recebido pelo Presidente da República


O Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Amadora (SCMA) foi recebido no Palácio de Belém, por Marcelo Rebelo de Sousa.
O convite foi feito pelo Presidente da República, que está a ouvir instituições sociais com trabalho efetivo durante o período difícil que o país atravessa.
O Provedor Constantino Pinto deu a conhecer ao Chefe de Estado a dimensão da instituição, o trabalho desenvolvido e as preocupações, no presente e no futuro.
Desde o início de março que a SCMA tem em prática o Plano de Contingência para enfrentar o surto pandémico, com incidência especial nos grupos de risco. Com meio milhar de trabalhadores, para cerca de 6 mil utentes, a Misericórdia da Amadora garante mais de 180 camas em Estruturas Residências para Idosos (ERPI), 30 em Unidade de Cuidados Continuados, e tem cerca 230 utentes em Apoio Domiciliário, aos quais se juntaram, nas semanas de confinamento, outros 150 em situação de carência ou que deixaram de frequentar os Centros de Dia, encerrados por recomendação da Direção-geral de Saúde.
Os cuidados prestados à população sénior envolvem mais de 200 funcionários, auxiliados por voluntários.
As valências de educação continuam encerradas, prevendo-se a abertura de creches, pré-escolar e ATL durante este mês de maio e no início de junho, como anunciaram as autoridades.
Na audiência com o Presidente da República, o Provedor realçou o papel “fundamental” dos profissionais da Misericórdia da Amadora, “inexcedíveis e empenhados até ao limite” no cuidado dos idosos. “Sem esta dedicação, que não tem preço, não teria sido possível”, entende Constantino Pinto, que manifestou grande preocupação com a economia das famílias e o previsível impacto nas prestações para os serviços prestados, defendendo, a propósito, “uma maior cooperação, sem abdicar do rigor e da transparência, entre o estado e as instituições sociais”, como as Misericórdias. O momento que estamos a atravessar “exige de nós o reforço deste espírito de colaboração”, para “garantir prioritariamente a ajuda a quem mais precisa” e evitar “o risco de colapso de instituições sociais”, disse o provedor à saída do Palácio de Belém.
Foi ainda destacada a ajuda da autarquia no fornecimento de equipamentos de proteção, bem como das autoridades locais de saúde, na realização de testes Covid-19.
O encontro com o Presidente da República durou mais de uma hora. No final, Marcelo Rebelo de Sousa manifestou a intenção de visitar a Santa Casa da Misericórdia da Amadora.


O CAMINHO DA MISERICÓRDIA - Artigo #SER de Nuno Morais (Coord. de Serviços do Complexo Quinta das Torres)


O Caminho da Misericórdia é o relato em forma de testemunho do Prof. Nuno Morais, sobre o mês de confinamento de uma grandiosa equipa de profissionais no Lar da Sagrada Família.


EDUCAÇÃO


Creche Santa Teresinha do Menino Jesus - Acolhe os filhos dos profissionais da linha frente




A Creche de Santa Teresinha do Menino Jesus – CSTMJ foi a valência de educação da SCMA destacada para acolher os filhos e educandos das pessoas que estão na linha da frente na luta contra esta Pandemia no nosso concelho da Amadora.
Foi a meio de março, que as colaboradoras da CSTMJ e do Município da Amadora, formaram uma equipa, a que chamámos Equipa de Intervenção.
Esta equipa foi desafiada a acolher 16 crianças, com idades compreendidas entre os 4 meses e os 12 anos. A informação que tínhamos era, estas crianças eram filhos de Heróis e Heroínas, que enfrentavam na linha da frente, o temido Covid-19. Não as conhecíamos, nem sabíamos de onde vinham. A história de cada uma delas, era relevante, mas o mais importante era saber que a nossa missão seria proporcionar-lhes um ambiente acolhedor e seguro.
Durante este mês e meio, foram elaboradas muitas atividades:
. Celebração do dia do Pai
. Comemorar a chegada da Primavera com a germinação do feijão
. Atividades alusivas à Páscoa
. Jogos que nos fizeram recordar a nossa infância.


Escola Luís Madureira - E@D um novo desafio (Ensino à Distância)






Ao longo destes tempos, apesar das distâncias físicas, impostas pelo já famoso Covid-19, a equipa docente da Escola Luís Madureira tentou, das mais variadas formas, encurtar distâncias e chegar junto dos nossos alunos e respetivas famílias.
Diariamente, temos vindo a construir caminho neste percurso acidentado da educação à distância. Estamos longe do ideal, no entanto, conscientes de que continuaremos a trilhar caminho para que todos os nossos alunos aprendam a ultrapassar os obstáculos que a vida nos vai impondo.
Começámos com passos curtos, recorrendo ao email como meio de comunicação escola-família, desde o pré-escolar ao 9º ano. Recorremos a ferramentas digitais como o Moodle, o Inovar, ou mesmo as plataformas digitais disponibilizadas pelas editoras.
Entretanto explanámos novas ferramentas e já todas as turmas do Ensino Básico tiveram oportunidade de experienciar uma “aula” via plataforma ‘Zoom’, ferramenta que é de facto facilitadora de proximidades e potenciadora do que de mais belo há no processo educativo: a relação humana.
(Re)ver sorrisos, ouvir testemunhos e partilhas do que têm feito nestes dias foram momentos fantásticos para todos! As mensagens de gratidão enviadas por alguns pais também nos dão alento e ajudam a encarar este desafio.
Continuaremos a desafiar-nos nesta aventura do ensino à distância para que após a interrupção letiva possamos chegar mais próximo de todos os alunos e continuar a fazer jus ao nosso lema: “Bem Servir”.


Centros Infantis, Creches e Aprender & Brincar da SCMA - com desafios de confinamento



3ª e 4ª IDADE


URASM | Unidade Residencial Aristides Sousa Mendes - Máscaras com assinatura


O Alfaiate Paulo Baptista desenvolveu um modelo de máscaras e por cada máscara vendida doou uma à Unidade Residencial Aristides Sousa Mendes - URASM.
No dia 28 de abril o Paulo Alfaiate e a sua equipa veio fazer a entrega das máscaras. Obrigado Paulo.


LSA | Lar Santo António e LSF | Lar da Sagrada Família - Cumprem normas da DGS de isolamento e distanciamento


Os Lares de Santo António e da Sagrada Família tem trabalhado arduamente para que os seus utentes e profissionais estejam protegidos nestes tempos de pandemia. Os procedimentos de distanciamento e proteção têm sido cumpridos, inclusivé, nas atividades lúdicas e de entretenimento que continuam a ser realizadas.


SAÚDE


UCCI Sagrada Família - 8ºaniversário


Em 2012, a Misericórdia da Amadora deu início a esta atividade assistencial, no âmbito da RNCCI, com uma ULDM de 30 camas. Durante estes 8 anos de atividade muitos foram os utentes, famílias e colaboradores que passaram por esta UCCI, tendo o seu contributo sido muito importante para a melhoria da qualidade dos cuidados prestados. Neste dia de festa, mas também de memória, gostaríamos de agradecer a todos os colaboradores desta UCCI que, com empenho, dedicação e abnegação, se dedicam à sua causa e que, apesar dos riscos inerentes à Pandemia que cursa no nosso país, cuidam dos nossos utentes. Às famílias deixamos uma palavra de alento e de confiança, expressando-lhes o nosso compromisso na garantia da qualidade e segurança dos cuidados neste contexto tão exigente. Ser Misericórdia é Bem Servir. Esta é a nossa matriz. Bem hajam!